Vodafone Paredes de Coura termina hoje e regressa de 16 a 19 de Agosto de 2017

A 24ª edição do Vodafone Paredes de Coura, que hoje chega ao fim, materializou o sonho sob a forma de quatro dias de música em comunhão com a natureza, numa celebração conjunta que levou perto de 100 mil pessoas à Praia Fluvial do Taboão e ficou a poucas centenas de esgotar a lotação.


O muito aguardado regresso dos LCD Soundsystem a Portugal foi presenciado por cerca de 24 mil pessoas que comprovaram a boa fase que vive a banda nova-iorquina. 12 anos após a primeira actuação no Festival, o grupo de James Murphy assinou uma prestação explosiva, que se junta à galeria de concertos inesquecíveis da história do festival e para muitos, dos concertos em Portugal, como Queens Of The Stone Age, em 2003 ou Arcade Fire em 2005.


Houve também o groove implacável dos Orelha Negra, depois dos We Trust terem feito as honras de abertura do palco principal com convidados muito especiais. André Tentúgal fez-se acompanhar por cerca de cem jovens músicos e cantores de Paredes de Coura, dando voz ao talento local. Minor Victories encantaram o anfiteatro natural e Cage The Elephant, rendidos à energia do público, afirmaram que este é o seu “festival preferido em todo o mundo”. Pelo último dia desta 24ª edição vão ainda passar Portugal. The Man, Chvrches e Matias Aguayo, entre outros.


Mas a festa não se vive apenas no recinto. Nos dias que antecederam a abertura oficial de portas da 24ª edição do Vodafone Paredes de Coura, o Festival subiu à vila com mais de uma dezena de bandas e DJs. Este ano, a programação estendeu-se por quatro dias e quatro espaços diferentes, numa iniciativa que reforçou a ligação do festival com a vila que o acolhe e deu as boas-vindas a todos os que escolhem Paredes de Coura como destino de férias obrigatório.


Também as premiadas Vodafone Music Sessions tornaram a levar o público do festival a locais inusitados com actuações de Best Youth, Ryley Walker, Crocodiles e Motorama a darem a conhecer os recantos mais simbólicos e singulares da vila.


As margens do Rio Coura voltaram a ser o palco perfeito para acolher a iniciativa Jazz na Relva, sempre muito acarinhada, e as sessões Vodafone Vozes da Escrita, que este ano convidaram nomes conhecidos da música nacional a formar duplas e a criar sessões de leitura inéditas. Samuel Úria & Gisela João e Adolfo Luxúria Canibal & Capicua foram a companhia ideal para as tardes de sol passadas entre amigos e banhos.


Depois do sucesso da edição de 2015, o Vodafone Paredes de Coura continuou a apostar nas melhorias na área do campismo e do anfiteatro natural, que viu o seu espaço ampliado, mas manteve a lotação, o que permitiu receber o público com um cuidado reforçado e proporcionar ainda mais conforto, condições de higiene e segurança.


O Vodafone Paredes de Coura já tem regresso marcado em 2017, entre os dias 16 e 19 de Agosto, para a 25ª edição do festival que coincide com a celebração dos 25 anos da marca Vodafone em Portugal. Começa a sonhar com 2017.


+info